Desde: 01.06.2011

Desde: 01.06.2011
BOM LEMBRAR: “O que nos deve interessar, todavia, é a semeadura do bem. A germinação, o desenvolvimento, a flor e o fruto pertencem ao Senhor.” (André Luiz - ‘Os Mensageiros’). “O valor da tarefa não está na presença pessoal do missionário, mas no conteúdo espiritual do seu verbo, da sua exemplificação e da sua vida” (Paulo e Estevão. Emmanuel/JC). Há publicações conforme o mote da página: *Vida/Espiritualidade *Arte; *Direito. Email do editor: clovisrenatof@yahoo.com.br / Contato: (85) 9901.8377. Fortaleza/Ceará/Brasil. Caso queira reproduzir as matérias aqui postadas, cite a fonte. ISSN 2359-5590. ANO V.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

UFC é multada por descumprir ordem judicial na Meac e no HUWC

MDTS, Crítica Radical, Advogados Clovis Renato e Thiago Pinheiro na defesa dos trabalhadores
A Universidade Federal do Ceará (UFC) foi multada pela Justiça do Trabalho, que considerou ter havido descumprimento da decisão de não demitir funcionários da Sociedade de Assistência à Maternidade Escola Assis Chauteaubriand (Sameac), lotados na Maternidade Escola (Meac) e no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC). A multa, aplicada pelo juiz Francisco Antônio da Silva Fortuna, da 7ª Vara do Trabalho, foi publicada em ata na última quarta-feira, 27 de janeiro. A multa é de R$ 20 mil por trabalhador prejudicado.
O documento também estipula possível punição ao reitor da UFC, professor Henry Campos, caso o descumprimento se repita. O juiz determinou que os 700 funcionários não sejam demitidos até que o processo seja concluído.

Arte: É Tão Lindo (A Turma do Balão Mágico)



Feliz dia do amigo.

Obrigado por ser amigo.

Clovis Renato Costa Farias

FUNCIONÁRIOS DO COMPLEXO HOSPITALAR DA UFC FAZEM PANELAÇO CONTRA DEMISSÕES E SALÁRIOS ATRASADOS

Teve grande repercussão no Campus do BENFICA o PANELAÇO que trabalhadores(as) do Hospital das Clínicas e Maternidade Escola da UFC fizeram como protesto ontem pela manhã, em frente à Reitoria seguido de CORTEJO com panelas batendo e ao som de uma bandinha pelas várias unidades do centro de Humanidade.

Evento democrático: organização do IV Congresso Internacional de Direito Sindical em Fortaleza

Na manhã do dia 04 de fevereiro de 2016 ocorreu a reunião de organização do IV Congresso Internacional de Direito Sindical, que será realizado dos dias 04 a 06 de maio de 2016 no Auditório da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace).
O evento é organizado pelo Ministério Público do Trabalho, GRUPE (Grupo), Fórum das Centrais Sindicais no Estado do Ceará (FCSEC), demais entidades representativas laborais e apoiadores.
Em 2016, a Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), por intermédio do Deputado Estadual Elmano Freitas, sediará o evento. O que atende às finalidades da instituição, uma vez que objetiva aperfeiçoar o serviço público, promover e de manter atividades voltadas para formação e qualificação profissional dos servidores públicos em geral e dos cidadãos, com foco especial às reivindicações profissionais dos parlamentares e agentes políticos vinculados às Assembleias Legislativas e às Câmaras Municipais conveniadas. Funciona no Prédio Anexo II, Edifício dep. Jose Euclides Ferreira Gomes – Rua Barbosa de Freitas S/N.


A segunda reunião de organização ocorreu na Sede da Força Sindical no Ceará, contando com a participação da CONALIS/PRT7, GRUPE, CSB, UGT, FORÇA SINDICAL, Advocacia Sindical no Ceará e Sindicatos.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

História do rádio (Vídeos)

História da Televisão Brasileira nos Anos 60

História: Diários Associados de Assis Chateaubriand aos dias atuais

Diários Associados, também conhecidos como Condomínio Acionário dos Diários e Emissoras Associados, ou simplesmente D.A., são o terceiro maior conglomerado de empresas de mídia do Brasil. A corporação já foi a maior da história da imprensa no Brasil.
Os Diários Associados têm como missão contribuir para a construção de uma sociedade justa e democrática com a produção e distribuição de informação e entretenimento de qualidade. Busca, ainda, promover o desenvolvimento, apoiar a livre iniciativa, estimular a educação, debater os grandes temas nacionais e preservar os valores regionais.

História: Rede Tupi de Assis Chateaubriand

A Fantástica História da TV Tupi - Pt. 1

A Rede Tupi (TV Tupi ou simplesmente Tupi) foi a primeira emissora de televisão do Brasil, da América Latina e a quarta do mundo.[1] Fundada em 18 de setembro de 1950 em São Paulo pelo paraibano Assis Chateaubriand, fez parte do Grupo Diários Associados. Em 20 de janeiro de 1951, nasceu a TV Tupi Rio, depois em 1955 a TV Itacolomi e em 1960 a TV Brasília, entre outras, que acabaram por formar a Rede Tupi de Televisão. Em 16 de julho de 1980, devido aos vários problemas administrativos e financeiros, a concessão foi cassada pelo governo brasileiro. Outras 6 emissoras que formavam a rede também saíram do ar.
A Fantástica História da TV Tupi - Pt. 2

Primeiros passos

SOLIDARIEDADE AOS 700 TRABALHADORES(AS) DO HOSPITAL E MATERNIDADE DA UFC AMEAÇADOS DE DEMISSÃO - REUNIÃO NESTA QUARTA. VAMOS LÁ, GALERA!

SOLIDARIEDADE AOS 700 TRABALHADORES(AS) DO HOSPITAL E MATERNIDADE DA UFC AMEAÇADOS DE DEMISSÃO.
REUNIÃO NESTA QUARTA. VAMOS LÁ, GALERA!
Companheiros(as)
Nesta quarta-feira, 03.01, às 16 horas, na Faculdade de Arquitetura da UFC, haverá uma reunião com várias entidades, integrantes de movimentos sociais e demais pessoas interessadas com o objetivo de discutir uma ampla campanha contra as demissões de cerca de 700 trabalhadores(as) do Hospital das Clínicas e Maternidade Escola da UFC, bem como de solidariedade aos 111 funcionários que, por decisão da reitoria, estão sem receber salários desde outubro, assim como o 13º, vales-transporte e vales-refeição.
Durante Audiência de Conciliação realizada no dia 27/01 na Justiça do Trabalho a UFC negou a possibilidade de um acordo amigável para prorrogar os contratos. O reitor não pensa em entendimento. Ele quer mais demissão. E a data está marcada: 18 de fevereiro. O Juiz da 7ª Vara da Justiça do Trabalho, Dr. Antônio Fortuna, marcou uma nova audiência para o dia 30 de março. (ver ata da audiência enviada em e-mail anterior).
A reunião objetiva também abrir uma discussão mais ampla sobre o questionamento ao papel da EBSERH – Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares no que se refere à Autonomia Universitária e aos Hospitais Universitários como unidades de Ensino, Pesquisa e Extensão.
A principal proposta é a convocação de uma Assembleia Geral da Comunidade Universitária para uma tomada de posição contrária à decisão do reitor de demitir os trabalhadores do Complexo Hospitalar. Outras propostas serão apresentadas na oportunidade.
Confiantes de contarmos com essa solidariedade, subscrevemo-nos.
Atenciosamente,
MDTS – Movimento em Defesa dos Trabalhadores da Saúde (SAMEAC/UFC)
Crítica Radical

História: João Calmon o autor da campanha para a criação da MEAC

João Calmon (1916-1999)
Advogado e jornalista, João Calmon foi parlamentar por 32 anos. Exerceu mandatos de deputado federal por duas legislaturas e de senador por três). Foi no Senado que apresentou a PEC 24/83, que estabeleceu recursos para a Educação e ficou conhecida por Emenda Calmon.
João de Medeiros Calmon (Colatina, 7 de setembro de 1916 – São Paulo, 11 de janeiro de 1999) foi um advogado, jornalista e empresário brasileiro que no exercício da atividade política foi deputado federal e senador pelo Espírito Santo.
Biografia
Descendente de tradicional família baiana onde se destacaram o Marquês de Abrantes e Pedro Calmon, é filho de Augusto Pedrinha Du Pin Calmon e Virgínia de Medeiros Calmon. Advogado formado pela Faculdade Nacional de Direito, começou a trabalhar como jornalista nos Diários Associados na condição de repórter do Diário da Noite até ser transferido para Fortaleza onde dirigiu o Correio do Ceará. Entre 1940 e 1946 trabalhou na expansão do grupo ao adquirir diferentes emissoras de rádio e também jornais, fato que o guindou à direção regional do conglomerado para o Norte e o Nordeste do Brasil. Chamado ao Rio de Janeiro por Assis Chateaubriand, dirigiu sucessivamente a Rádio Tamoio, a Rádio Tupi e a TV Tupi. Mais tarde se tornou diretor-geral e a seguir vice-presidente do grupo mesmo com a transformação deste em um condomínio.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

História da MEAC - Maternidade Escola Assis Chateaubriand, os Diários Associados e João Calmon


A Campanha em prol da construção da Maternidade Popular (Escola) foi lançada oficialmente na capital cearense na noite de 28 de maio de 1955, pelo Sr. João de Medeiros Calmon, no momento em que era lhe prestada, em banquete que reuniu representantes de todas as classes sociais do Ceará, uma grande homenagem por motivo de sua recente ascensão ao posto de Diretor Geral dos Diários, Rádios e TV Associados.

Vida: Assis Chateaubriand

Assis Chateaubriand
Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Mello, mais conhecido como Assis Chateaubriand ou Chatô, (Umbuzeiro, 4 de outubro de 1892 — São Paulo, 4 de abril de 1968) foi um jornalista, empresário, mecenas e político destacando-se como um dos homens públicos mais influentes do Brasil nas décadas de 1940 e 1960.[1] [2] Foi também advogado, professor de direito,[3] escritor[4] e membro da Academia Brasileira de Letras.[5]

Chateaubriand foi um magnata das comunicações no Brasil entre o final dos anos 1930 e início dos anos 1960, dono dos Diários Associados, que foi o maior conglomerado de mídia da América Latina, que em seu auge contou com mais de cem jornais, emissoras de rádio e TV, revistas e agência telegráfica. Também é conhecido como o co-criador e fundador, em 1947, do Museu de Arte de São Paulo (MASP), junto com Pietro Maria Bardi, e ainda como o responsável pela chegada da televisão ao Brasil, inaugurando em 1950 a primeira emissora de TV do país, a TV Tupi. Por seu empenho contra a entrada do capital estrangeiro no país e seu nacionalismo econômico foi visto como ameaça pela CIA que financiou Roberto Marinho depois que uma empresa de SP não lhe fez aliança (talvez por que na altura não enxergou o impacto que uma capitalização daquele tamanho para sair do sector impresso para a televisão fosse causar mesmo na história da geoconcentração midiática no contexto do país).[6] Foi Senador da República entre 1952 e 1957.[7]

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Arte/paredes: Casas na visão dos moradores de rua (Benfica - Fortaleza)




História: Vikings


Viking[1] [2] [3] [4] [5] [6] (do nórdico antigo víkingr[7]) ou, em português, víquingue[8] [9] [10] [11] ou viquingue[12] [13] [14], é um termo habitualmente usado para se referir aos exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos (escandinavos) que invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII até ao século XI.[15] [16]
Esses vikings usavam seus famosos navios dragão para viajar do extremo oriente, como Constantinopla e o rio Volga, na Rússia, até o extremo ocidente, como a Islândia, Groenlândia e Terra Nova, e até o sul de al-Andalus.[17] Este período de expansão viking - conhecidos como a "era viking" - constitui uma parte importante da história medieval da Escandinávia, Grã-Bretanha, Irlanda e do resto da Europa em geral.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

MDTS/Greve: Trabalhadores da Maternidade Escola e Hospital Universitário da UFC reafirmam ânimo em dar continuidade a luta pela prorrogação dos contratos e mantém a greve em assembleia


DECISÃO DA PLENÁRIA DO MDTS DE CONTINUAR A GREVE É REFERENDADA NA ASSEMBLÉIA DO SINDICATO 
Trabalhadores da Maternidade Escola e Hospital Universitário da UFC ameaçados(as) de demissão reafirmam ânimo em dar continuidade à luta pela prorrogação dos contratos e pelos direitos, mantêm a greve e definem um plano de lutas.
Assembleia realizada - trabalhadores decidem permanecer na greve

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO CEARENSE – REFLEXÃO E LUTA NO HOSPITAL DAS CLÍNICAS E MATERNIDADE ESCOLA DA UFC

MDTS: Trabalhadores da UFC - A LUTA CONTINUA!

Mais uma vitória, com o Juiz determinando multa pessoal ao reitor da UFC, caso proceda demissões até o dia 30 de março, quando haverá a próxima audiência, bem como determinando o depósito integral das verbas correspondentes a possíveis demissões do conjunto dos trabalhadores(as), caso não haja prorrogação. Êita! A LUTA CONTINUA!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Ato unificado reunirá trabalhadores na Praça do Ferreira (Hoje)

Nesta terça-feira (26/01), trabalhadores da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC) e do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) realizam um Dia de Ação Social, a partir das 9 horas, na Praça do Ferreira. O objetivo da atividade é chamar a atenção da população para a privatização dos hospitais universitários em todo o país.
Dentre os serviços que serão ofertados estão aferição de pressão arterial; testes de glicemia; orientações médicas e nutricionais; prevenção ao câncer de mama e outras doenças; e orientação sobre transplante hepático. Além disso, haverá distribuição de preservativos e panfletos com informações sobre DSTs.
Privatização
No Ceará, a privatização do HUWC e da MEAC foi concretizada a partir de contrato entre a UFC e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) em 2014. Desde então, várias denúncias de assédio moral, desrespeito a direitos e má gestão dentro do hospital e da maternidade têm se acumulado.
A atividade também é motivada pela demissão de 700 trabalhadores do HUWC e da MEAC e a ameaça de que os servidores públicos da UFC que trabalham nos hospitais sejam cedidos pela universidade à Ebserh.
A iniciativa é do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) e do Movimento em Defesa dos Trabalhadores da SAMEAC (MDTS).

Arte/graffiti: Fumaça das feras (Centro - Fortaleza)

Arte/graffiti: A mulher sensata edifica a sua casa (Aldeota - Fortaleza)





sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

UFC: Assessoria Jurídica do SINTUFCE participa de assembleia no Complexo Hospitalar para esclarecer servidores

O evento ocorreu na manhã do dia 20 de janeiro, no Pátio das Mangueiras – Depto. de Patologia – Faculdade de Medicina da UFC, instalou-se como aassembleia partindo da 1ª. Convocação, às 10 horas - metade mais um dos sindicalizados - e iniciando em 2ª. Convocação, às 10h30min – qualquer número de presentes, tendo a seguinte pauta:
1. Informes sobre campanha contra a cessão dos servidores da UFC à Ebserh;
2. Informes relacionados ao memorando da Superintendência do Complexo Hospitalar que trata do corte de ponto;
3. Encaminhamentos.
Na mesa participaram os Diretores Keila Camelo, José Raimundo Soares, Auxiliadora, Toinha, Admir e Fernado, com o Assessor Jurídico para matérias laborais coletivas do SINTUFCE, advogado Clovis Renato Costa Farias.
O evento foi desencadeado por mais uma denúncia dos trabalhadores ao Sintufce. Tratava-se de irregularidade cometida pela direção da Ebserh contra os servidores públicos da UFC lotados no HUWC e na MEAC. Desta vez, o abuso de autoridade é cometido com a justificativa de garantir que todos os trabalhadores registrem suas frequências, conforme assessoria de comunicação do sindicato.
Assim, a direção da Ebserh emitiu um memorando circular em que comunica o "desconto de 50% na remuneração da jornada diária de trabalho pela ausência de registro de ponto". Na matéria do sindicato, destacou-se que "O Sintufce já questionou, por meio de ofício à superintendência do Complexo Hospitalar, a decisão da empresa. Além disso, a nossa assessoria jurídica já está elaborando um parecer acerca dessa medida autoritária e sem fundamento legal. A Fasubra também foi comunicada e nos enviará um parecer jurídico. Não nos submeteremos aos desmandos da Ebserh", avisou Keila Camelo, coordenadora Geral do Sintufce.
A direção do Sintufce manteve o alerta aos servidores do HUWC e da MEAC para que não assinassem documentos entregues pela empresa. Comunicassem à direção do sindicato acerca de qualquer documento que demande assinatura dos servidores.

Ao todo, o advogado esclareceu sobre o documento da EBSERH, sobre a possível cessão de servidores da UFC estatutários à empresa, nos termos questionados em Acórdão do TCU, bem como sobre o caso dos trabalhadores da SAMEAC e demais processos de interesse dos servidores.
A diretoria do Sintufce promoveu uma Assembleia Setorial, na manhã da última quarta-feira (20/01), com servidores do HUWC e MEAC, para encaminhar soluções a problemas surgidos a partir da entrega pela UFC do complexo hospitalar à Ebserh.
Os trabalhadores se reuniram no Pátio das Mangueiras, em frente ao departamento de Patologia do HUWC.
Ato dia 26
Os servidores presentes à plenária aprovaram, em votação, a realização, nesta terça-feira (26/01), de um Dia de Ação Social, a partir das 9 horas, na Praça do Ferreira. O objetivo da atividade é chamar a atenção da população para os problemas decorrentes da privatização dos hospitais universitários em todo o país.
Dentre os serviços que serão ofertados estão aferição de pressão arterial; testes de glicemia; orientações médicas e nutricionais; prevenção ao câncer de mama e outras doenças; e orientação sobre transplante hepático. Além disso, haverá distribuição de preservativos e panfletos com informações sobre DSTs.

Fonte: SINTUFCE
Leia os artigos de Clovis Renato Costa Farias sobre o assunto (clique no título e leia o artigo):