Desde: 01.06.2011

Desde: 01.06.2011
BOM LEMBRAR: André Luiz - ‘Os Mensageiros’: “O que nos deve interessar, todavia, é a semeadura do bem. A germinação, o desenvolvimento, a flor e o fruto pertencem ao Senhor.” (Paulo e Estevão. Emmanuel/JC): “O valor da tarefa não está na presença pessoal do missionário, mas no conteúdo espiritual do seu verbo, da sua exemplificação e da sua vida”. Emmanuel: “O tédio é sempre filho da incompreensão dos nossos deveres.”. “[...] o desencanto constitui-se um veneno da imprevidência e da irresponsabilidade”. “[...] valiosa é a escassez, porque traz a disciplina. Preciosa é a abundância porque multiplica as formas do bem”. “[...] a permanência na terra decorre da necessidade de trabalho proveitoso e não do uso de vantagens efêmeras”. “Jamais atingiremos nossos objetivos torturando chagas, indicando cicatrizes, comentando defeitos ou atirando espinhos à face alheia. Compreensão e respeito devem preceder-nos a tarefa em qualquer parte.” (Emmanuel) "Tudo que a doutrina espirita me ensinou é que precisamos nos renovar sempre." (Chico Xavier).

segunda-feira, 15 de maio de 2017

SC: Núcleo Espírita Nosso Lar em Florianópolis (visita por Clovis Renato)

Clovis Renato e Luciana, amiga instrumento em Florianópolis/SC

Núcleo Espírita Nosso Lar, constituído em 10 de outubro de 1986, também designado pela sigla NENL, é uma associação civil autônoma, sem fins econômicos, com personalidade jurídica de direito privado, sem distinção de sexo, crença, raça ou categoria social.


O NENL tem por finalidade:
A assistência social e promoção humana, visando uma sociedade fundada nos valores morais que possibilitem a liberdade, a igualdade, participação e solidariedade. Ser modelo e multiplicador na luta pela conscientização do ser humano quanto ao seu papel na melhoria da qualidade de vida da sociedade. Contribuir na medida de suas possibilidades para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes com câncer, bem como de doenças degenerativas. A intensificação e a preservação da unidade de seus participantes.




Centro de Apoio ao Paciente com Câncer
Não há dificuldade que o amor não vença;
Doença que o amor não cure;
Porta que o amor não abra;
Obstáculo que o amor não transponha;
Muralha que o amor não derrube,
Pecado que o amor não redima…


O amor transforma, harmoniza a impede a doença. Ninguém precisa morrer só porque está doente. É com a proposta de também oferecer um processo terapêutico complementar ao tratamento clínico, objetivando ajudar o paciente no processo de tornar-se saudável, acessando níveis mais profundos da consciência, que o CAPC (Centro de Apoio ao Paciente com Câncer) foi criado.






O que é o Centro de Apoio ao Paciente com Câncer?
O Centro de Apoio é uma instituição filantrópica, de utilidade pública, criada com objetivo de cuidar, apoiar e auxiliar as pessoas com câncer e outras doenças degenerativas a enfrentarem o problema.
Como e quando surgiu?
Localizado em Florianópolis, capital de Santa Catarina, no Ribeirão da Ilha, o Centro de Apoio ao Paciente com Câncer foi construído exclusivamente com doações. A sociedade catarinense desde o início engajou-se na campanha para angariar fundos. As obras foram iniciadas em janeiro de 1996 por uma equipe de engenharia voluntária. Em 08 de março de 1998, o Centro de Apoio iniciou suas atividades operacionais. No primeiro ano foi iniciado um processo que previa apenas um dia de tratamento. As outras etapas foram implantadas progressivamente.

Como sobrevive?
As atividades operacionais do CAPC dependem exclusivamente de trabalho voluntário e de doações mensais realizadas na conta telefônica ou por intermédio de mantenedores da instituição.

Qual a filosofia do CAPC?
“A alegria é a prerrogativa da alma alimentada pelo amor”.
Essa é a filosofia do Centro de Apoio, que, aliando conhecimentos biológicos, psicológicos e espirituais, cuida das pessoas com câncer ajudando-as a conseguirem a paz e a harmonia necessárias para a recuperação do seu estado de saúde e da sua qualidade de vida. Por isso, o Centro de Apoio ensina que, mesmo estando doente, é possível retomar ao equilíbrio emocional e espiritual. Portanto, o paciente deve aprender a entender a mensagem do seu corpo e perceber que é preciso muito mais que o tratamento médico.

O VOLUNTARIADO COMO A ALMA DO CENTRO
Quem são os colaboradores e o que fazem no Centro de Apoio?
Os trabalhos no Centro de Apoio são realizados basicamente por voluntários. Esse voluntariado atende em média 60 pessoas por semana, em regime de internação, e 80 pessoas em regime externo. Muitos pacientes também fazem parte dos grupos de auto-ajuda, coordenados por voluntários. Isso significa que o CAPC atende aproximadamente 140 pacientes por semana. As equipes operacionais são formadas por varias modalidades de terapia, que são executadas por pessoas habilitadas.

Somente em 2011, participaram dos trabalhos no Centro de Apoio cerca de 420 voluntários. Eles são treinados para aplicação das terapias complementares através de cursos, oferecidos pelo SINE (Serviço Nacional de Emprego), como por exemplo: massagem terapêutica, cromoterapia, reflexologia, Florais de Bach, Reiki, nutrição básica, atendimento ao paciente oncológico, auto-ajuda para familiares de pacientes com câncer, entre outras modalidades. O Centro de Apoio também oferece aos seus colaboradores formação humanística, através de estudos em grupos, viagens e encontros de trabalho, em que o objetivo principal é desenvolver o ser, de forma que aprendendo a se cuidar, o voluntário possa também estar pronto para cuidar do outro.

Além do voluntariado, o Centro de Apoio conta com colaboradores médicos, enfermeiros, psicólogos, farmacêuticos, odontólogos, nutricionistas, administradores e terapeutas em diversas especialidades.
E tem, ainda, os trabalhadores que são remunerados, como, por exemplo, parte da equipe de enfermagem, por prestar cuidado técnico e também pela necessidade de estar presente em todos os períodos de atendimento. O pessoal de apoio e de limpeza também faz trabalho remunerado. Esses trabalhos são pagos por empresas particulares e federações.
Clovis Renato e Luciana, amiga instrumento em Florianópolis/SC
Como fazer para ter acesso ao Centro de Apoio?
O Centro de Apoio ao Paciente com Câncer é uma instituição que atende gratuitamente qualquer pessoa com diagnóstico de câncer ou outras doenças degenerativas. Basta procurar o Núcleo Espírita Nosso Lar, em Forquilhinhas, São José, de segunda à sexta, em horário comercial, levando os exames médicos que comprovem a sua doença. A partir daí, é só guardar o número e seguir a agenda fornecida pelo Núcleo. O paciente com diagnóstico de câncer tem prioridade no tratamento, já que é um caso mais emergencial.

Fonte: http://www2.nenossolar.com.br/capc/

Nenhum comentário: